quarta-feira, 17 de setembro de 2014

No guia, Armando assume compromisso de contratar 5 mil policiais

0 comentários


Em conversa com policiais sobre algumas das suas propostas para a segurança no Estado, Armando Monteiro afirmou que o Pacto pela Vida tem que ser ‘repactuado’. Para o candidato ao governo pela coligação Pernambuco Vai Mais Longe, a segurança só se faz valorizando os servidores da área de segurança. “Se há prioridade para a área de segurança, essa prioridade tem que ser traduzida no orçamento”, apresenta Armando. “Temos uma ideia de contratar cinco mil policiais. Ter uma polícia eficiente é um imperativo de harmonia e de crença no funcionamento da própria sociedade”, completa o candidato petebista.

Durante a conversa, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (PE), Cláudio Marinho, perguntou quais as propostas de Armando Monteiro com relação ao programa de Segurança Pública. “Imaginamos criar 10 centros do que estou chamando de Policia Cidadã, que são complexos policias, a da mulher, a de proteção da criança, a de narcotráfico, a de crimes o patrimônio, para que você possa, naquela unidade, fazer o atendimento especializado em cada região de Pernambuco”, sinaliza. “É inaceitável que 60 municípios em Pernambuco não tenham delegados. Eu acho que nós temos que fazer uma ação para resolver isso, a curto prazo”, prioriza Armando.

Em outro momento, no programa eleitoral desta noite, o sargento e presidente da Associação dos Praças, José Roberto, diz que atualmente o Estado tem uma deficiência na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros de, aproximadamente, 10 mil e três mil homens, respectivamente. “Nós temos uma ideia de contratar cinco mil novos policiais, considerando às necessidades da Polícia Militar e da Polícia Civil, isso imediatamente. Tem municípios com quatro policiais. A Polícia Militar tem um efetivo de 20 mil policiais, dos quais três mil estão em funções administrativas. É melhor contratar agentes administrativos e liberar esses policiais, que receberam formação especializada, para que eles exerçam o seu verdadeiro papel”, indica Armando Monteiro.

De acordo com o candidato, muitas delegacias do Estado não funcionam nos finais de semana. “Eu acho que isso é algo que tem que ser reavaliado, porque a ação, inclusive das quadrilhas, a ação dos bandidos são orientadas hoje, muito, por essa percepção”, aponta.

O delegado e diretor da Associação dos Delegados de Polícia do Estado (PE), Antônio Cândido, reforça que a estrutura atual da Polícia Civil está precária e com 0as delegacias caindo aos pedaços. Segundo Armando, deve-se investir na polícia e dotá-la de condições materiais adequadas. “É triste constatar que muitas delegacias estão abandonadas, sem manutenção. Portanto, é obrigação do governante cuidar disso”, propõe.

Ainda no guia eleitoral, o cabo da Polícia Militar, José Carlos dos Santos, diz que passou 23 anos para ser Cabo de polícia, e pergunta ao candidato se ele tem alguma proposta para os policiais e bombeiros militares sobre um Plano de Cargos e Carreiras da categoria. “Se não tivermos um plano bem estruturado, que ofereça um plano de carreira é um desestímulo absoluto”, responde Armando.
Continue lendo

Marina Lidera corrida presidencial com 40% em PE, segundo IBOPE

0 comentários

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (16) aponta que Marina Silva (PSB) tem 40% das intenções de voto e Dilma Rousseff (PT), 36%, entre os eleitores de Pernambuco na disputa pela Presidência da República. Aécio Neves (PSDB) tem 3%.

No levantamento, Pastor Everaldo (PSC) aparece com 1%. Brancos e nulos somam 7%, e outros 12% não sabem ou não responderam. Eduardo Jorge (PV), Eymael(PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Luciana Genro (PSOL), Mauro Iasi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) não alcançaram 1%.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado) apenas no estado de Pernambuco:

Marina Silva (PSB) - 40% das intenções de voto
Dilma Rousseff (PT) – 36%
Aécio Neves (PSDB) – 3%
Pastor Everaldo (PSC) – 1%
Brancos e nulos - 7%
Não sabe ou não respondeu - 12%

Realizada entre os dias 12 e 15 de setembro, a pesquisa contou com 2.002 entrevistas em 82 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PE-00025/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-00652/2014.
Continue lendo

IBOPE aponta vitória de Marina Silva no 2ª Turno

0 comentários

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (16) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:

- Dilma Rousseff (PT): 36%
- Marina Silva (PSB): 30%
- Aécio Neves (PSDB): 19%
- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- Zé Maria (PSTU): 0%*
- Luciana Genro (PSOL): 0%*
- Eduardo Jorge (PV): 0%*
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
- Eymael (PSDC): 0%*
- Levy Fidelix (PRTB): 0%*
- Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 6%

* Cada um dos sete indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo".

No levantamento anterior do instituto, encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgado no dia 12, Dilma tinha 39%, Marina, 31%, e Aécio, 15%.

Segundo turno

O Ibope também simulou três cenários de segundo turno. São eles:

- Marina Silva: 43%
- Dilma Rousseff: 40%
- Branco/nulo: 11%
- Não sabe/não respondeu: 6%

- Dilma Rousseff: 44%
- Aécio Neves: 37%
- Branco/nulo: 12%
- Não sabe/não respondeu: 6%

- Marina Silva: 48%
- Aécio Neves: 30%
- Branco/nulo: 15%
- Não sabe/não respondeu: 8%

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 204 municípios do país entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00657/2014.

Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
- Dilma Rousseff (PT): 31%
- Marina Silva (PSB): 24%
- Aécio Neves (PSDB): 15%
- Outros: 1%
- Branco/nulo: 10%
- Não sabe/não respondeu: 18%

Rejeição
De acordo com a pesquisa, a presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.

- Dilma Roussef: 32%
- Aécio Neves: 19%
- Pastor Everaldo: 17%
- Marina Silva: 14%
- Levy Fidelix: 12%
- Zé Maria: 12%
- Eymael: 11%
- Luciana Genro: 11%
- Mauro Iasi : 10%
- Rui Costa Pimenta: 10%
- Eduardo Jorge: 9%

Avaliação do governo
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 37% dos eleitores entrevistados – no levantamento anterior, divulgado no último dia 12, o índice era de 38%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como "ótimo" ou "bom".

Os que julgam o governo "ruim" ou "péssimo" são 28%, segundo o Ibope. Para 33%, o governo é "regular". Os dois índices são os mesmos do levantamento anterior.

O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 37%
- Regular: 33%
- Ruim/péssimo: 28%
- Não sabe/não respondeu: 1%
Continue lendo

terça-feira, 16 de setembro de 2014

IBOPE de Hoje: Paulo 38% e Armando 32%

0 comentários

Pesquisa do Instituto Ibope divulgada na noite desta terça-feira (16) mostra que o ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB) superou o senador Armando Monteiro Neto (PTB) na corrida pelo Governo de Pernambuco. O levantamento mostra Câmara com 38% das intenções de voto, enquanto Armando aparece com 32%. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Segundo o levantamento, Zé Gomes (PSOL) e Pantaleão (PCO) aparecem com 1%. Brancos e nulos somam 11%. Já 16% dos entrevistados disse não saber em quem vai votar, ou preferiu não responder.

Na última pesquisa do Ibope, divulgada no dia 26 de agosto, Armando Monteiro tinha 38% e Paulo Câmara aparecia com 29%.

O Ibope também fez uma simulação de segundo turno, que mostrou vitória de Paulo Câmara. O candidato socialista teria 40% num eventual segundo turno, contra 34% de Armando Monteiro. Os dois principais candidatos possuem índices de rejeição similares, segundo o Ibope.

Dos entrevistados, 21% disse que não votaria em Armando e 18% declarou que não votaria em Paulo Câmara. O Ibope ouviu 2.002 eleitores pernambucanos entre os dias 12 e 15 de setembro. O nível de confiança é de 95%.
Continue lendo

O candidato dos sonhos dos banqueiros não é Marina. É Lula.

0 comentários


Me engana que eu gosto

Eliane Catanhede, na Folha de São Paulo desta terça

Marketing é coisa de gênio e nós, meros mortais, não somos gênios. Mas também não precisam tratar os 145 milhões de eleitores do país como idiotas.

Querer vender Marina como “elite branca”, quem sabe como “elite branca de olhos azuis”, quem sabe até como “elite branca de olhos azuis do capitalismo paulista”, vai colar?

Depois do sociólogo, do migrante nordestino e da primeira mulher, faz sentido uma mulher negra, saída dos cafundós do Acre e alfabetizada a duras penas aos 16 anos. Um “Lula de saias”. Daí o pânico da campanha de Dilma. O poder da imagem de Marina, a força da sua simbiose com a maioria do povo brasileiro.

E lá vem Dilma e sua propaganda deformando a cor, a cara, a imagem, a história e as intenções de Marina, adulterada como representante de banqueiros e um perigo para o prato de comida dos pobres. E lá vem João Pedro Stedile, do MST, ameaçando invadir tudo, todo dia, se ela vencer. É a implosão da Marina real e a construção da Marina “de direita”.

Será que os eleitores brasileiros são tão imbecis, caímos como patinhos em qualquer lorota? Ou será que só cai quem é manipulável e quem está pendurado nas boquinhas e verbonas, na promiscuidade entre o público e o privado? Para cair no engodo, na “genialidade” da propaganda, só por ignorância ou por má-fé, pura e simples.

Se Lula saiu de um casebre do interior de Pernambuco, Marina emergiu de um seringal do Acre. Se Lula fez curso de torneiro mecânico, Marina teve de lavar chão para formar-se em história. Se Lula se tornou o grande líder sindical no Sul Maravilha, Marina impõe-se na órbita do ambientalista Chico Mendes.

A diferença é que Lula se rendeu aos lucros estratosféricos do setor financeiro, aos jatinhos das empreiteiras, às vantagens camaradas para filhos e noras e aos convescotes das oligarquias políticas mais atrasadas. Logo, o candidato dos sonhos dos banqueiros não é Marina. É Lula.
Continue lendo

Em Olinda, outro comitê de Armando Monteiro é depredado

0 comentários


O comitê de campanha do senador Armando Monteiro Neto (PTB) em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), também foi depredado na madrugada desta terça-feira (16). O ato ocorre um dia depois de o comitê de Abreu e Lima ter sido atacado. O PTB diz que este é o quarto ataque sofrido nos últimos 20 dias.

Segundo a coligação do PTB, cerca de 15 vândalos teriam chegado ao local por volta das 3h da manhã em três carros. Eles teriam usado facas para rasgar sete placas de propaganda que estavam em frente ao comitê. Depois, teriam pulado o muro e danificado outros materiais publicitários.

Os partidários de Armando Monteiro estranham que ao lado do imóvel também existe um comitê da campanha do ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB), que não foi danificado.

Em Abreu e Lima, um coquetel molotov teria sido jogado dentro do comitê, incendiando parcialmente a estrutura. De acordo com o PTB, desde o início da campanha, cavaletes também vêm sendo furtados e danificados nas ruas.


Continue lendo

Marina fará campanha em Petrolina e Caruaru, na próxima terça-feira

0 comentários

Os socialistas de Pernambuco ainda estão acertando os detalhes, mas já está fechado que a candidata Marina Silva virá ao Estado, na próxima terça-feira, para pelo menos duas agendas. A primeira delas em Petrolina, de tarde, e a outra agenda em Caruaru, já à noite.

De acordo com as pesquisas de intenção de voto, são regiões em que a presidente Dilma bate Marina no Estado. No Agreste, em especial, a situação é atribuída aos pagamentos do programa Bolsa Família.

Há duas semanas, o ex-presidente Lula chegou a visitar Petrolina, ao lado do prefeito Júlio Lossio e aliados estaduais.

O ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho conta que será a primeira vez que Marina vai estar na campanha na cidade. “Como ministra do Meio Ambiente (no governo Lula), ela foi a Petrolina para participar do lançamento de um programa de dessalinização”, rememorou.
Continue lendo

Tucanos já declaram apoio a Marina

0 comentários

Aliados do candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, estão se aproximando da campanha de Marina Silva (PSB) para declarar apoio à ex-senadora já no primeiro turno. Apesar da consolidação de Aécio no terceiro lugar das pesquisas de intenção de voto, o que o tiraria do segundo turno, Marina pediu para que os auxiliares dela mais próximos não façam, por enquanto, nenhum movimento em direção aos tucanos.

Segundo apoiadores da presidenciável, prefeitos e deputados tucanos procuraram integrantes da campanha nos últimos dias para manifestar simpatia pela candidata. Nessa segunda-feira (15), o presidente estadual do PSDB no Ceará, Tomás Figueiredo Filho, declarou apoio à Marina. “Temos muitos pontos políticos em comum”, alegou Figueiredo.

A cúpula tucana vem tentando mostrar otimismo e publicamente o discurso é de que Aécio pode chegar ao segundo turno. Nos bastidores, os tucanos não escondem o desânimo em virtude da dificuldade do candidato crescer na reta final do primeiro turno. “Ninguém acredita mais no Aécio, né?”, ironizou um socialista. Os tucanos consideram a aliança com Marina a mais provável, uma vez que o próprio eleitor do PSDB poderia migrar o voto para a ex-senadora num eventual segundo turno contra a petista Dilma Rousseff.

Marina chamou os aliados na semana passada para dizer que seria “desrespeitoso” qualquer tentativa de “cooptação” dos tucanos num momento em que Aécio ainda tenta se viabilizar. “Não dá para ter uma conversa ainda, seria desrespeitoso com o Aécio. Não temos orientação para conversar com ninguém”, comentou Walter Feldman, coordenador adjunto da campanha.

Com Informações do Estadão Conteúdo
Continue lendo

Prefeitura de Passira inova com a Caravana de ciência, cultura e Esportes

0 comentários

A Prefeitura Municipal de Passira, Agreste de Pernambuco, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, realizará nos dias 17 e 18 de setembro, quarta e quinta feira respectivamente, a 1ª Caravana de Ciências, Cultura e Esportes na Escola Municipal João Heráclio Duarte, Sítio Varjadas, Zona Rural.

O evento vem engrandecer a Terra dos Bordados com a interiorização da Biologia, objetivo principal do Projeto PIPEX, já presente na Rede Municipal de Ensino nas Escolas João Heráclio Duarte, Maria José de Medeiros (Tamanduá) e Maria Alves de Lima (Vila Bengalas).

Em tempo, a Edilidade Municipal, através do Prefeito Silvestre-PSDB, e a Secretária de Educação, Selda Eudes, busca através deste projeto não só a melhoria do processo de ensino aprendizagem mais também práticas de inclusão social e de sociabilidade mútua.
Continue lendo

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Criança de 4 anos morre atropelada por veículo escolar

0 comentários

Uma menina de 4 anos de idade foi atropelada na tarde desta segunda-feira (15) em frente à escola onde estudava, no Bairro São Cristóvão, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Ela desceu do transporte escolar e teria passado pela frente do veículo sem que o motorista percebesse, de acordo com as primeiras informações da Polícia MiIlitar.

Houve tentativa de socorro por uma equipe do Corpo de Bombeiros, que constatou a morte ainda no local do acidente. O motorista foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para prestar depoimento. Ainda segundo a PM, provavelmente ele responderá em liberdade por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O corpo da criança foi levado para o Hospital Regional de Arcoverde e, em seguida, deve passar por análises no Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, no Agreste do estado.

Continue lendo

Armando celebra compromissos em Cachoeirinha diante de 10 mil pessoas

0 comentários


Conhecido pelo forte artesanato ligado ao couro e ao aço, o município de Cachoeirinha, no Agreste, pode ser beneficiado com a construção de um Polo do Artesão no governo Armando Monteiro (PTB). O compromisso público foi celebrado pelo petebista durante um grande comício nesta cidade, na noite do domingo (14), fechando o dia de intensas atividades de campanha. Após o discurso, Armando saiu em uma caminhada, arrastando mais de 10 mil pessoas em uma verdadeira “onda azul” que coloriu Cachoeirinha.

Atendendo a um pleito feito pelo ex-prefeito Roberto Raimundo, Armando Monteiro também comprometeu-se em procurar soluções para o matadouro municipal, que requer atenção do poder público, e também verificar a possibilidade de construir um acesso hídrico para o distrito de Cabanas, o único de Cachoeirinha.

À população, Armando destacou que se sente preparado para governar Pernambuco porque tem trajetória e bagagem política. “Me sinto preparado porque não fiquei aprendendo com os relatórios dos assessores”, iniciou o petebista. “Eu aprendi, verdadeiramente, andando por Pernambuco, visitando cada uma das suas regiões, ouvindo e aprendendo com as pessoas”, completou.

Armando colocou que a sua candidatura nasceu a partir da construção democrática e não foi fruto de uma indicação. O petebista enfatizou que é candidato a governador com o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), da presidente Dilma Rousseff (PT) e dos partidos que integram a coligação Pernambuco Vai Mais Longe (PTB/PT/PDT/PSC/PRB/PTdoB).

“A minha candidatura eu não devo a indicação de um homem. Eu devo a uma construção politica, que foi feita passo a passo com o apoio do presidente Lula e do PT. Nossa candidatura nasceu diferente porque nasceu de uma construção democrática. Não fui produto da indicação de uma só pessoa. Não sou criatura de uma pessoa ou de um grupo”, concluiu Armando.
Continue lendo

No RJ, Líder do sem-terra promete protestos diários se Marina for eleita

0 comentários


Um dos líderes nacionais do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), João Pedro Stedile, fez duras críticas à candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, durante ato em defesa da exploração do pré-sal, realizado em frente à sede da Petrobras, no Rio, nesta segunda-feira (15).

Para o líder da via campesina, Marina vai entregar a Petrobras para a iniciativa privada e não investirá no pré-sal, caso seja eleita presidente da República.

"Vamos estar todos os dias aqui em protesto [se Marina ganhar]", disse Stedile, que acompanhou a manifestação convocada por centrais sindicais ligadas ao PT, como FUT (Federação Única dos Petroleiros) e CUT (Central Única dos Trabalhadores).

As críticas vão de acordo com o discurso da campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), que na TV acusou a adversária de querer "acabar com o pré-sal".

O ato realizado nesta segunda-feira contou também com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem comandado a ofensiva contra sua ex-ministra do Meio Ambiente –principal adversária para a reeleição de Dilma. Marina e Dilma estão empatadas, segundo o mais recente levantamento feito pelo Datafolha.

Ex-militante histórica do PT, Marina Silva deixou o partido em 2009, após 30 anos dentro do partido. Na semana passada, ela chegou a se emocionar ao comentar as críticas do ex-presidente Lula.

Para rebater os ataques, Marina e seu vice na chapa, Beto Albuquerque, também promoveram um ato em defesa do pré-sal, no Rio, na semana passada.

Na ocasião, a presidenciável afirmou ter sido vítima de "boatos" e "mentiras" sobre o tema no Estado, que vai receber investimentos com a exploração do petróleo.

Com Informações da Folha de São Paulo
Continue lendo

PE cresce mais que o Brasil no 2° Trimestre deste ano

0 comentários


O Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco teve um crescimento de 1,9% no segundo trimestre de 2014 e somou em 3,5% no semestre. porcentagem é superior ao PIB do Brasil, que caiu 0,9% no trimestre e subiu 0,5% no semestre.

O crescimento do PIB pernambucano foi puxado pelos setores da agropecuária e serviços. Porém, a indústria sofreu queda.

No primeiro trimestre deste ano, o PIB do Estado cresceu 5,2%, puxado pela recuperação agropecuária. O País ficou em 1,9%.
Continue lendo

Prazo para substituição de candidatos majoritários termina hoje

0 comentários


A lei eleitoral permite que o partido político ou a coligação substitua o candidato que tiver seu registro indeferido (inclusive por inelegibilidade), cancelado ou cassado, ou ainda que renunciar ou morrer após o fim do prazo de registro. Para candidatos a cargos majoritários, a substituição pode ser requerida até 20 dias do pleito, ou seja, no dia 15 de setembro. A exceção só ocorre em caso de falecimento, quando a substituição pode ser solicitada mesmo após esse prazo, em até dez dias a contar do fato.

Se o candidato pertencer a uma coligação, a substituição deverá ser feita por decisão da maioria absoluta dos órgãos executivos de direção dos partidos políticos coligados, podendo o substituto ser filiado a qualquer dos partidos que a integram, desde que o partido político ao qual pertencia o substituído renuncie ao direito de preferência (Lei nº 9.504/1997, artigo 13, parágrafo 2º).

Quando a substituição de candidatos a cargo majoritário ocorre após a geração das tabelas para elaboração da lista de candidatos e preparação das urnas, o substituto concorre com o nome, o número e, na urna eletrônica, com a fotografia do substituído, sendo destinatário dos votos atribuídos ao substituído.

Em caso de substituição, cabe ao partido político ou à coligação do substituto dar ampla divulgação ao fato para esclarecimento do eleitorado. Mas isso não impede que outros candidatos, partidos e coligações o façam, assim como a própria Justiça Eleitoral, inclusive nas seções eleitorais, quando determinado ou autorizado pela autoridade eleitoral competente.

Mais informações sobre o assunto podem ser obtidas na Resolução n° 23.405 do TSE.
Continue lendo

Marina, a melhor opção para o Brasil dos concursos públicos

0 comentários

Estamos a menos de 20 dias do primeiro turno das eleições para presidente da República, marcadas para 5 de outubro, e uma pergunta não sai da cabeça dos concurseiros: qual será o melhor candidato para quem pretende prestar concurso público? Para responder essa questão, é preciso analisar as propostas dos três principais candidatos ao cargo, aqueles que têm chances reais de ser eleitos pela maioria da população brasileira. Embora ainda não tenhamos assistido à manifestação direta de cada um sobre o tema concurso público, sabe-se, pelas ações de alguns deles e pela ideologia manifestada por outros, que as diferenças entre o que eles pensam sobre o assunto são bem acentuadas.

Vejamos, por exemplo, o que se pode esperar de Aécio Neves, candidato da coligação liderada pelo PSDB. O tucano tenta pela primeira vez reconquistar para o partido o cargo que este perdeu doze anos atrás. Como indicativo de que Aécio pode ser um bom presidente para os concurseiros, consta o voto que ele proferiu na Comissão de Constituição e Justiça do Senado a favor do Projeto de Lei nº 74/2010, que regulamenta os concursos públicos na administração federal. A proposta resultou de sugestões que o Movimento pela Moralização dos Concursos (MMC), presidido por mim, apresentou ao ex-senador Marcone Perillo. Na ocasião, Aécio Neves ressaltou a necessidade de garantir que não haja utilização eleitoral – ou eleitoreira – dos concursos públicos, preservando-se o interesse dos concursados, mas também da administração pública.

Muito bem. Concordo plenamente com o hoje candidato do PSDB. Pena queas ações de Aécio como governador de Minas Gerais não foram leais a esse princípio. Muito pelo contrário. Lá naquele estado, durante o governo do hoje presidenciável,nada menos do que 96 mil pessoas foram efetivadas pela Lei Complementar nº 100/2007 como servidores do Estado, sem antes terem sido aprovadas em concurso público, na maioria como professores da rede pública mineira. Foi uma afronta clara aos preceitos da Constituição de 1988, cujo artigo 37determina o provimento de cargos e empregos públicos por meio de concurso de provas ou de provas e títulos. E foi essa afronta que levou o Supremo Tribunal Federal a decidir, por unanimidade, que a referida lei é inconstitucional, devendo os profissionais por ela beneficiados ser demitidos no prazo de um ano e o Estado obrigado a realizar concursos públicos para o preenchimento dos cargos que ficarem vagos como consequência desse processo.

O julgamento foi em março deste ano, mas o “trem da alegria” mineiro aconteceu sete anos atrás, em 2007, por meio de um projeto de iniciativa do governo de Minas e aprovado pela Assembleia Legislativa. O Supremo decidiu que apenas os servidores já aposentados ou que preenchessem os requisitos para adquirir o benefício até a data da publicação do julgamento – de acordo com a Secretaria de Educação, pelo menos 16 mil pessoas – seriam poupados da demissão, bem como 11,2 mil aprovados em concurso do estado em 2012. Os 71 mil restantes, pouco menos de um quinto dos 367 mil servidores ativos de Minas Gerais, deveriam ser demitidos. Por ter contratado e efetivado quase 100 mil não concursados para o governo de Minas, aquele estado terá de realizar o maior concurso do mundo até o fim de 2014.

O episódio deixa claro que Aécio não é o candidato ideal para quem é concurseiro. Os atos dele quando governador de estado dão margem à suspeita de que ele pode fazer algo semelhante se for eleito presidente da República. Pessoalmente, estou convencido de que Aécio, caso eleito, vai impor à máquina pública do governo federal um programa de arrocho e produtividade abusiva, enxugamento e/ou planos de afastamento voluntário. Penso assim até mesmo em face de sua visão (neo)liberal.

Analisemos, então, a candidata e atual presidente Dilma Rousseff. Começo por lembrar que, no ano passado, ela ordenou a suspensão dos concursos públicos e das nomeações de aprovados em seleções já realizadas. A determinação era parte de um corte de R$ 50 bilhões no Orçamento da União, para fazer face à crise financeira internacional que já começava a afetar a economia brasileira. Houve pânico entre os concurseiros, e muita gente ficou desanimada, chegando a interromper os estudos, com medo de perder tempo e dinheiro na preparação. De fato, assistimos a certa redução nos concursos programados pelo governo federal até o fim daquele ano, mas outras áreas não foram afetadas, como o Judiciário e a Câmara dos Deputados, além de governos estaduais e municipais. Na verdade, só o Senado, então presidido por José Sarney, fez questão de se solidarizar com o Executivo.

Também não posso deixar de mencionar que foi Dilma quem modificou o regime previdenciário dos servidores públicos, criando um sistema que não garante aposentaria integral, a menos que o aposentado tenha contribuído para um novo Fundo (Funpresp) com percentual de seus vencimentos. Essa foi uma ação que demonstra o pouco apreço do atual governo pelos servidores públicos, em especial pelos servidores do Executivo que tenham ingressado no serviço público depois da promulgação da lei, já submetidos ao novo regime previdenciário.

Assim, diante desses antecedentes e do atual quadro de recessão econômica, acho que Dilma, se reeleita, vai impor um arrocho que afetará, mais uma vez, a realização de concursos. Medidas desse tipo devem ser tomadas, entre outras ações governamentais, sob a justificativa de fazer frente à degradação das contas e reter a alta dos preços e da inflação. Mas tudo se prestará, em especial, a frear a perda de CREDIBILIDADE de nossa presidenta. Embora tenha realizado muitos concursos públicos, o atual governo mantém a máquina inchada, com milhares de comissionados e terceirizados, recrutados pelo nefasto critério do apadrinhamento político, também conhecido como “QI”, o abominável QUEM INDICA.

Por fim – o que não quer dizer por último – o que pensar da candidata Marina Silva em relação aos concursos públicos? Sobre ela, tenho expectativas mais otimistas, dadas as suas açõesdesde a eleição anterior, quando foi candidata e obteve cerca de 20 milhões de votos. Também colabora para meu otimismo a postura que Marina assumiu desde a substituição de Eduardo Campos como candidata à presidência da República, depois do trágico acidente aéreo que vitimou o ex-governador de Pernambuco em Santos. Essa postura demonstra visão ética e austera, sem exageros, da máquina pública, em conformidade com os princípios do artigo 37, caput, da Constituição:

“A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência (…)”.

Marina defende um serviço público livre de vícios e desvios que suguem recursos da sociedade. Também prega e a austeridade no trato das contas públicas. Mas considera necessário continuar investindo no servidor público qualificado. O que deve diminuir é o número de cargos comissionados, de funcionários nomeados por indicação política. Para Marina, esses quadros devem ser reduzidos ao mínimo necessário. Em sua visão, a administração precisa ser dotada de pessoal qualificado para planejar, executar e monitorar políticas públicas, com menor ingerência político-partidária na administração pública. Sua perspectiva no governo será de um Estado transparente, competente e profissionalizado, o que é exatamente o que espera quem presta concurso público.

Nesse contexto, considero Marina Silva a melhor opção para o Brasil em matéria de concurso e, por extensão, para os servidores públicos. Na presidência da República, ela terá de lidar com as mesmas dificuldades que todos os candidatos costumam apontar (ajuste nas contas públicas, controle da inflação), mas é uma pessoa mais compreensiva, que sempre esteve COMPROMETIDA com as categorias de servidores. Por essas razões, dos três principais candidatos ao cargo público número1 do país em 2014, a ex-senadora é quem pode oferecer maior DIÁLOGO com o funcionalismo.

Estou certo de que qualquer pessoa que fizer essa análise de forma isenta chegará às mesmas conclusões. Principalmente você, caro concurseiro que lê agora este artigo e espera ter, com um novo governo, melhores oportunidades de alcançar a meta pela qual tanto vem lutando.
Continue lendo

IPESPE aponta: Armando e Paulo empatados na corrida pelo governo de PE

0 comentários


A pesquisa Ipespe para os Diários Associados foi realizada no período de 9 a 11 de setembro em 59 municípios de Pernambuco. Foram entrevistadas duas mil pessoas. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Os dados foram divulgados na manhã desta segunda feira, 15 de setembro e aponta os candidatos Armando Monteiro e Paulo Câmara com 33%, empatados, ao senado João Paulo 30% e FBC 25% e para presidente da república Marina Silva continua na frente com 42% contra 36% da Dilma.
Continue lendo

Neste domingo, Armando reúne militância em caminhada no Cabo

0 comentários


O candidato ao Governo do Estado pela coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Armando Monteiro Neto (PTB), participou de caminhada, neste domingo (14), em Ponte dos Carvalhos, bairro do município do Cabo de Santo Agostinho. Ao lado do candidato ao Senado, João Paulo (PT), o petebista percorreu as ruas da localidade.

Os postulantes foram recepcionados pela militância, pelo prefeito do Cabo, Vado da Farmácia (PSB), e pelo deputado estadual e candidato à reeleição Everaldo Cabral (PP), e caminharam por cerca de quatro quilômetros.

“Essa caminhada é árdua. Estamos enfrentando um sistema de forças que quer se manter no poder a qualquer custo. O uso deslavado das máquinas, o clima de intimidação, mas o povo de Pernambuco não aceita canga e tutela de ninguém”, discursou o candidato durante comício.

O candidato destacou que foi responsável pela ampliação da unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Cabo de Santo Agostinho, com o objetivo de preparar os jovens e adultos do Estado para ocupar as vagas de emprego geradas em Pernambuco.

O petebista também lembrou o programa SESI Reforço da Escolaridade, que ofereceu aulas de português e matemática, para elevar o ensino básico da população para ter acesso aos cursos de capacitação e qualificação profissional.
Continue lendo

Campanha Política entra em etapa decisiva em Pernambuco

0 comentários


Na corrida pelo Palácio do Campo das Princesas, nenhum candidato pode perder de vista a Região Metropolitana do Recife, e principalmente a capital. A região está na rota de qualquer estratégia de campanha. A 20 dias para o Dia D, as duas principais campanhas a governador, de Paulo Câmara (PSB), pela Frente Popular, e Armando Monteiro (PTB), pela coligação Pernambuco Vai Mais Longe, intensificam as agendas nas cidades metropolitanas, onde estão os maiores colégios eleitorais. Hoje, os dois estão tecnicamente empatados nas pesquisas, como a do Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau.

Para o cientista político Thales Castro, a Região Metropolitana do Recife (RMR) é fundamental porque está perto de onde houve as principais transformações do Estado, como o Porto de Suape e o pólo automotivo da Mata Norte, com a implantação da fábrica da Fiat em Goiana. Segundo o especialista, as campanhas devem intensificar as estratégias que já estão sendo adotadas nas cidades metropolitanas, explorando várias frentes, como comunicação e o tradicional corpo a corpo.

“Paulo Câmara deve enfatizar a memória do ex-governador Eduardo Campos. Ao mesmo tempo em que explora os êxitos econômicos, destacando o perfil de gestor moderno, colado à figura do ex-secretário que nunca disputou uma eleição. Enquanto Armando deverá mostrar que é importante para o Estado manter a aliança com o Governo Federal (comandado pelo PT da presidente Dilma Rousseff) e que tem mais trato com a máquina pública”, diz Tales Castro.

Ainda de acordo com o cientista político, ambos os lados devem explorar o “voto sentimental”. No caso de Paulo Câmara, através do uso do ex-governador Eduardo Campos, seu padrinho político, que morreu no dia 13 de agosto. Já Armando deve tirar, segundo ele, proveito do palanque de Lula e Dilma. “Ambos os lados trarão ligações psico-emocionais. O voto do brasileiro é muito emotivo”, acrescentou Thales Cabral.

Pegando carona nos votos dos “padrinhos”, outra estratégia dos candidatos é justamente atrair agendas conjuntas com os presidenciáveis. Com o bom desempenho nas pesquisas nacionais, Marina Silva (PSB) deve voltar esta semana para reforçar a campanha de Paulo Câmara, possivelmente em Caruaru. Ainda há a expectativa de uma nova visita nos últimos dias numa grande caminhada pelo Recife.

Uma nova visita do ex-presidente Lula também é ventilada por Armando Monteiro. Ele e a atual presidente Dilma Rousseff (PT) estiveram no Recife no início do mês.
Continue lendo

Filmes pernambucanos podem disputar vaga em lista do OSCAR

0 comentários

O longa Tatuagem, do pernambucano Hilton Lacerda, está na lista dos filmes que serão submetidos ao Ministério da Cultura para escolha do título que disputará vaga entre os indicados a Melhor Filme Estrangeiro do Oscar 2014. O título escolhido será apresentado quinta-feira (18).
Jesuita Barbosa e Irandhir Santos, em cena de “Tatuagem”/Foto: Reprodução

O homem das multidões – coprodução do também pernambucano Marcelo Gomes, com Cao Guimarães – é outro na disputa. O doc Dominguinhos, de Mariana Aydar, Duani e Eduardo Nazarian, sobre a vida do saudoso sanfoneiro e compositor pernambucano, pode levar a vaga. E há, ainda: Praia do futuro, Getúlio, O lobo atrás da porta, Hoje eu quero voltar sozinho, Entre nós, Serra Pelada, Amazônia, A grande vitória, Jogo de xadrez, Exercício do caos, O menino no espelho, A oeste do fim do mundo, O menino e o mundo, Minhocas e Não pare na pista: a melhor história de Paulo Coelho.
Mariana Aydar, Duani e Eduardo Nazarian com Dominguinhos, durante gravação do doc/Foto: Reprodução

Com Informações do NE10
Continue lendo

TV Jornal fará primeiro debate entre candidatos ao Governo de PE

0 comentários


Os veículos do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação realizam, nesta terça-feira (16), às 22h15, o primeiro debate entre os candidatos a governador de Pernambuco exibido pela televisão. Armando Monteiro Neto (PTB), Paulo Câmara (PSB) e Zé Gomes (PSOL), cujos partidos têm representação na Câmara dos Deputados, são os postulantes que se enfrentam no programa.

Com uma hora e quarenta e cinco minutos de duração, tempo dividido em cinco blocos, o debate será transmitido ao vivo pela TV Jornal no Recife e em Caruaru e pelas rádios Jornal e JC News, nas faixas 780 AM e 90.3 FM, respectivamente. 

Cada candidato terá até 30 segundos para responder por que quer ser governador do Estado, pergunta feita pela mediadora, Graça Araújo, para abrir o debate. Tanto no primeiro quanto no quarto bloco os questionamentos são feitos entre os próprios candidatos - cada um terá trinta segundos para a pergunta, dois minutos para a resposta e réplica e tréplica de um minuto. O primeiro candidato a perguntar será escolhido por sorteio.

O segundo e o quinto blocos serão destinados às perguntas dos telespectadores, com temas como saúde, mobilidade, educação e segurança, previamente escolhidas pela produção do programa. As indagações estão sendo gravadas nas ruas. A ordem dos candidatos e dos questionamentos será definida por sorteio. 
Continue lendo

sábado, 13 de setembro de 2014

Em 20 fotos, veja como foi o desfile cívico da escola de Tamanduá

0 comentários

A Escola Municipal Maria José de Medeiros do Sítio Tamanduá, Zona Rural de Passira, Agreste de Pernambuco, foi a penúltima a apresentar seu Desfile Cívico em menção a Independência do Brasil, na última quinta feira, 11 de setembro. Com o tema PERNAMBUCO, a Unidade Escolar teve o cuidado de representar em seus pelotões as características culturais como o Frevo, Maracatu, São João, Cordel, os Bonecos Gigantes de Olinda, entre outros. Vejam as fotos:
















Continue lendo